Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Link Facebook
Link Twitter
Youtube

UFG desenvolve método que identifica a origem de vinhos

Data da notícia: 22 de agosto de 2017

Veículo/Fonte: O Hoje

Link direto da notícia: http://ohoje.com/noticia/cultura/n/136688/t/ufg-desenvolver-metodo-que-identifica-a-origem-de-vinhos

O vinho é uma bebida que está ganhando cada dia mais adeptos de quem aprecia um bom drinque. Quem nunca se viu diante de uma prateleira de vinhos sem saber que rótulo escolher? Com isso, diante dos inúmeros tipos de vinhos, será que é possível descobrir falsificações nos rótulos?

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Goiás (UFG) desenvolveu um método para autenticar a origem de vinhos, evitando assim possíveis falsificações.  

Pesquisadores analisaram os elementos químicos presentes em diversas variedades da bebida produzida no Brasil, Argentina, Chile e Uruguai, e traçou padrões que diferenciam os tipos de uva e o local de produção dos vinhos, bem como utilizou esses modelos como parâmetro para testar outros rótulos.

A metodologia, criada em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), tem duas etapas: a coleta de dados dos componentes químicos de vinhos e a análise dessas informações por meio de algoritmos para descobrir os padrões das bebidas. O professor do Instituto de Informática da UFG, Rommel Melgaço Barbosa, coordena essa segunda fase do trabalho.

Segundo o docente, o estudo já permite dizer, por exemplo, se um vinho do tipo Cabernet Sauvignon é do Brasil ou do Chile. “Quando analisamos os elementos de algum rótulo e comparamos com os padrões já encontrados, podemos detectar a origem. Como o vinho chileno é, em geral, melhor reconhecido do que o brasileiro, poderia haver falsificações. A autenticação evita esse tipo de fraude”, afirmou Rommel. 

Fonte : Ascom UFG

Listar Todas Voltar